750 mil pessoas foram às ruas no #19J por vacina no braço e comida no prato

O último sábado (19) foi marcado por manifestações em mais de 400 cidades em todo o país. Segundo os organizadores, os atos contra o Governo Bolsonaro e a reforma administrativa e por vacina para todos e auxílio emergencial digno reuniram cerca de 750 mil pessoas. O número superou em 25% o que já havia sido registrado nos protestos de 29 de maio.


Mesmo com as limitações impostas pela pandemia, um grande número de pessoas saiu às ruas. No dia em que o país atingiu a marca de 500 mil mortos pela covid-19, os manifestantes utilizavam máscara de proteção e os organizadores distribuíram álcool em gel em diversas cidades e foram insistentes no pedido para que os participantes mantivessem distanciamento.


Cartazes em todas as regiões do país apontavam a negligência do Governo Bolsonaro na resposta à pandemia do coronavírus. No Rio Grande do Sul, mais de cidades tiveram protestos no #19J.


Na Capital, o ato iniciou no meio da tarde em frente à Prefeitura de Porto Alegre. De acordo com os organizadores, mesmo com o dia chuvoso, o número de participantes também superou o registrado em 29 de maio e cerca de 50 mil pessoas participaram da manifestação em Porto Alegre no sábado.


Foto da capa: Luiza Castro/Sul21


8 visualizações0 comentário