top of page

Assembleia Geral discute andamento da revisão salarial e projeta próximas pautas



O SINDPERS realizou Assembleia Geral na tarde desta segunda-feira (04) para discutir o andamento da revisão salarial e demais pautas da categoria. A Direção também aproveitou a oportunidade para fazer o relato das primeiras ações da nova gestão.


A Assembleia Geral foi presidida pelo coordenador-geral do sindicato, Anderson Kegler, e teve na mesa a coordenadora de Comunicação, Clareana Kunzer, e o diretor de Finanças, Diego Meira.


Kegler explicou que a Direção tem realizado visitas à Assembleia Legislativa para dialogar com os parlamentares sobre o PL 329/23, da revisão salarial, e que vem recebendo apoio da Administração Superior da DPE/RS para o andamento da matéria. O projeto está na pauta de deliberação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) de terça-feira (05).


O dirigente também fez o relato sobre a reunião com o presidente da ADPERGS, Mário Rheingantz. A segurança das comarcas foi um dos temas do encontro e é uma preocupação comum das entidades. Kegler afirmou que irá conversar com a Administração sobre o tema.


Outra pauta que deve ser tratada com a Administração nos próximos dias é a das remoções. A categoria espera que haja uma leva de remoções antes da nomeação dos aprovados no último concurso. O sindicato também irá pedir para participar das cerimônias de posse dos novos servidores.


A categoria ainda discutiu outros temas de interesse, como o auxílio-creche, auxílio-saúde e gratificação por produtividade. Os temas devem ser trabalhados pela entidade após a tramitação da revisão salarial.


Filiações e Convênios


O coordenador-geral do sindicato fez um apelo para que a categoria se filie e traga outros colegas para a entidade. Kegler afirmou que o número de filiações é importante não apenas financeiramente, mas pelo peso que representa politicamente para a representação dos servidores.


Do ponto de vista financeiro, Diego Meira explicou que um número maior de filiados permitirá ao sindicato conseguir melhores convênios e proporcionar mais benefícios para a categoria com o incremento de renda.


IPE Saúde


A coordenadora de Comunicação, Clareana Kunzler, fez um informe sobre a reunião da União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública (UG). Conforme relatou, a UG deve ingressar como amicus curiae em uma ação do Sindifisco-RS (Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do Estado do Rio Grande do Sul) que questiona a impossibilidade de servidor público estadual ser incluído como dependente do IPE Saúde. A ação já teve liminar deferida pelo Tribunal de Justiça. O SINDPERS é uma das entidades filiadas à UG.


87 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page