Balanço publicado pela administração da DPE/RS aponta que atendimentos aumentaram 92% em maio, na co

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) divulgou os dados de produtividade da instituição durante o mês de maio. Mesmo com o cenário atípico enfrentado da pandemia do novo coronavírus e com o atendimento remoto em muitas das sedes da DPE/RS, o número de atendimentos quase dobrou em comparação com o mês anterior. Foram registrados 69.208 atendimentos, enquanto, no mês de abril, foram realizados 35.884 – um acréscimo de 92% de acordo com o levantamento divulgado.

Os peticionamentos também aumentaram de um mês para outro, saltando de 35.010, em abri,l para 45.062 em maio. Tanto nos atendimentos, quanto nos peticionamentos, o fornecimento de medicamentos segue sendo o assunto mais procurado. Em abril foram 7.447 atendimentos e 5.019 peticionamentos sobre o assunto e, em maio, foram 11.649 atendimentos e 3.230 peticionamentos na área.

A administração da DPE/RS destaca que aumento na procura pelos serviços da instituição também se deve à adaptação da estrutura e de servidores e Defensores à nova realidade que, assim como a própria população, foram aprendendo a utilizar ferramentas e tecnologias que facilitam o atendimento e, na medida em que se habituam a elas, conseguem absorver melhor as demandas.

Outro fator apontado como razão do aumento nos atendimentos seria o crescimento do desemprego e a diminuição da renda das famílias, que gera situações como superendividamento e um desamparo geral. “Quando temos uma crise de saúde como essa que vivemos, associada à crise econômica, o reflexo na Defensoria é imediato. Já estamos projetando que esse aumento vai ser uma tendência para os próximos meses”, destacou a Subdefensora Pública-Geral para Assuntos Institucionais, Rafaela Consalter. 

Fonte: Ascom – DPE/RS. Editado por SINDPERS.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo