top of page

Coronavírus: Com novo avanço da pandemia no estado, medidas de prevenção precisam redobradas

A chamada “segunda onda” da pandemia de covid-19 já começou a se evidenciar no Rio Grande do Sul nas últimas semanas. Pelo Modelo de Distanciamento Controlado, a grande maioria da população do estado está em regiões de bandeira vermelha, que representa alto risco de infecção pelo novo coronavírus. A taxa de ocupação de leitos de UTI também já retorna a níveis alarmantes, com mais de 80% das vagas para tratamento intensivo ocupadas.


Somente nas últimas 24 horas, foram registradas 87 mortes pela covid-19 e 4564 novos casos. No total, desde fevereiro, o Rio Grande do Sul já confirmou mais de 326 mil casos da doença, com o óbito de 6,9 mil gaúchos. O relaxamento do isolamento a que assistimos nos últimos meses, pode dar a falsa sensação de que o problema está resolvido. No entanto, os dados evidenciam que a pandemia não chegou ao fim e que é preciso seguir com as medidas de segurança sanitária recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


Veja as principais medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades em Saúde e como fazer o uso correto do álcool em gel 70% e das máscaras de proteção:


  • Se puder, fique em casa;

  • Limpe regularmente as mãos até a altura dos punhos , com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%;

  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo, e não com as mãos. Descarte o tecido usado imediatamente e lave as mãos. Ao seguir uma boa higiene respiratória, você protege as pessoas ao seu redor contra vírus como o do resfriado, da gripe e o coronavírus;

  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos. As mãos tocam muitas superfícies e podem estar contaminadas com o vírus. Uma vez contamina