Dia de paralisação tem adesão em todo o estado e PL 146/21 ganha apoios na Assembleia Legislativa

O dia de paralisação e mobilização dos servidores e servidoras da Defensoria Pública do RS tem adesão significativa da categoria nas diferentes regiões do estado desde as primeiras horas da manhã. Na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, diversos parlamentares estão registrando apoio ao PL 146/21, sensibilizados pelo questionamento levado pela categoria: “Por que fomos esquecidos?”.


O coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Vieira, relata que o apoio na Assembleia Legislativa está chegando de parlamentares dos mais diversos campos políticos: “Diante disso, a pergunta que não quer calar é ‘Por que fomos esquecidos?’. Os deputados estão se sensibilizando com essa pergunta”, conta.


A manifestação em frente ao Legislativo iniciou às 9h, horário de início da reunião da Comissão de Constituição e Justiça, onde tramita o projeto do Plano de Carreira. Com a boa adesão e repercussão da atividade entre os parlamentares, o grupo que participava da atividade decidiu manter o trabalho na Assembleia durante a tarde desta terça-feira (26).


O ato que estava previsto para às 13 horas, em frente à sede da Defensoria Pública, será remarcado.


A deputada Luciana Genro (Psol) e os deputados Jeferson Fernandes (PT), Sérgio Turra (PP) e Eric Lins (DEM) posaram para foto com a categoria segurando cartazes em apoio ao PL 146/21. Os deputados Gaúcho da Geral (PSD), Mateus Wesp (PSDB) e Vilmar Zanchin (MDB) também registraram apoio ao projeto através de seus chefes de gabinete. O vereador de Porto Alegre, Pedro Ruas (Psol) também fez questão de posar para foto em apoio ao Plano de Carreira dos servidores e servidoras da DPE/RS.




63 visualizações0 comentário