Com definição sobre promoções, administração deve iniciar internamente análises dobre o PCCS

A Comissão de Estudos do Plano de Carreira finalizou, na reunião da última quinta-feira (23), a discussão sobre a proposta de resolução e minuta da tabela de valoração de títulos. A proposta agora será encaminhada ao defensor público-geral, Antonio Flávio de Oliveira, que retorna do período de férias na segunda-feira (26).


Na finalização, não prevaleceu a proposta levada pelo sindicato. No entanto, o coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Vieira, destaca que a discussão ocorreu de forma democrática entre os membros da Comissão: “Na questão da promoção por salto fomos voto vencido, não houve acolhida sob a justificativa de que isso poderia causar o preterimento de alguns servidores em favor de outros”. Em relação à proporcionalidade das avaliações para aferição do merecimento, o peso ficou divido em 60% para avaliação da chefia e 40% para avaliação de títulos.


A partir da próxima semana, com o retorno do defensor público-geral, se iniciará a avaliação interna da assessoria legislativa do Gabinete do defensor. A Comissão deve ser avisada assim que houver uma posição sobre a discussão do anteprojeto. De acordo com o Gabinete, as declarações do defensor público-geral sobre o Plano de Carreira em reunião com o SINDPERS estão mantidas.


Após a reunião, Vieira se mostrou otimista em relação ao andamento da proposta: “O tema deve avançar na administração superior a partir da próxima semana e deveremos ter uma resposta muito em breve”. “A nossa avaliação é a de que as coisas parecem caminhando, mas precisamos manter a constante vigilância, considerando o histórico que já tivemos de avanços e recuos em relação ao plano”, completou.


90 visualizações0 comentário