top of page

Em consulta à categoria, mais de 84% dizem que servidores da DPE devem entrar em greve

O SINDPERS realizou, na última semana, uma consulta sobre uma possível greve dos servidores e servidoras da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS). O resultado da pesquisa revela que uma grande parte dos colegas acredita que é o momento de uma greve, 84,3% dos participantes responderam afirmativamente quando questionados se a categoria deveria entrar em greve. A Assembleia Geral que irá deliberar sobre o tema está marcada para sábado, 29 de janeiro, às 9 horas.



Ao todo, 127 colegas participaram da consulta. 76,4 afirmaram que pretendem aderir à greve, caso esta seja a definição da próxima Assembleia. 15% disseram que ainda não sabem e 8,7% não pretendem aderir.



Sobre a forma como pretendem participar da greve, 63% disseram que irão aderir e paralisar suas atividades. 53,5% ainda pretendem participar das mobilizações virtuais e compartilhar conteúdos da greve nas minhas redes sociais. 44,9% afirmaram que irão participar das reuniões do sindicato durante a greve.


Quanto às atividades presenciais, 22,8% dos respondentes pretendem integram o piquete de greve na sua sede e 10,2% afirmaram que vão integrar o piquete em Porto Alegre. Já 43,3% dos participantes disseram que irão participar de atividades pontuais de greve na minha sede 43,3% e 18,1% participarão de atividades pontuais de greve em Porto Alegre. Apenas 5,5% disseram que não irão participar de nenhuma forma.

Quanto à mobilização da categoria, a maioria dos respondentes (63,8%) disseram estar dispostos a ajudar na mobilização dos colegas na sua sede ou em unidades próximas. 22% não sabem e 14,2% não estariam dispostos.



Assembleia Geral


A Assembleia Geral convocada pelo SINDPERS/ASEDPERS será realizada no sábado, 29 de janeiro, às 9h. Na pauta estão a deliberação sobre a greve, a formação do comando de greve/mobilização e assuntos gerais.


O acesso deverá ser requerido por e-mail, através do endereço: sindpers@gmail.com; ou pelo Whatsapp, através do número (51) 99711-9345. O requerimento de acesso poderá ser realizado até o horário da segunda chamada (9h30).