top of page

Inflação da cesta básica é de 21,46% nos últimos 12 meses

Há mais de sete anos sem aumento, os servidores estaduais receberam do governo do estado uma proposta de reajuste de apenas 6%, parcelados em duas vezes. Enquanto isso, a inflação sobre os alimentos corrói o poder de compra do quadro de pessoal da administração pública.


Somente nos últimos 12 meses, o preço dos alimentos que fazem parte da cesta básica subiu 21,46. A informação foi divulgada no Boletim da Cesta Básica, um estudo realizado mensalmente pela Escola de Negócios da PUCPR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná).


De acordo com o boletim, em 1 mês, de fevereiro para março, a inflação da cesta básica no Brasil foi de 2,02% para 5,27%. Com a disparada, a alta acumulada em 12 meses foi de 12,67% para 21,46%.


O índice registrado no último ano está muito acima até mesmo do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que foi de 11,30% no mesmo período e vem batendo recordes históricos também.


O SINDPERS, juntamente com as demais entidades da União dos Trabalhadores do Sistema de Justiça, vem buscando articular a melhoria do índice de reposição apresentado pelo Piratini. O PL 52/2022


Com informações: Poder 360


23 visualizações0 comentário