top of page

Sem respostas a pontos da pauta de reivindicações, categoria pode fazer nova paralisação no dia 3/5

Os servidores e servidoras da DPE/RS realizaram nova Assembleia Geral, na tarde desta quinta-feira (20), para discutir a continuação das mobilizações da campanha salarial. Ainda em clima de indignação, a categoria definiu que serão solicitadas respostas da Administração sobre todos os pontos abordados na reunião com a Comissão de Implementação do Plano de Carreira, podendo ser realizada nova paralisação no dia 03 de maio.


Pela primeira vez na história, a Assembleia Geral foi presidida por uma mulher. A tarefa ficou a cargo da Coordenadora para Assuntos Jurídicos, Camila Dri da Luz. O coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Vieira, que não participou da Assembleia por motivos de saúde, comemorou o momento: “Faço votos para que isso seja cada vez mais frequente e espero que, nas próximas gestões, tenhamos mulheres não só na direção, mas ocupando a coordenação-geral”.


A dirigente esteve na reunião com a Comissão do Plano de Carreira e fez um relato sobre as demandas apresentadas na agenda.


“O diretor-geral da DPE/RS, Sérgio Guimarães, apresentou um estudo sobre o impacto orçamentário mensal do auxílio-creche. A expectativa é de que 144 crianças sejam atendidas e o custo mensal fique entre 58 e 88 mil. A previsão apresentada foi de implementação no segundo semestre”, explicou Camila.


Ela também relatou que, em relação ao adicional noturno, foi informado que estaria na iminência de ser implementado.


O calendário de equiparação do auxílio-alimentação foi ratificado, tendo um aumento de R$ 100,00 em maio e julho, e equiparação até dezembro.


Já quanto ao auxílio-saúde, a Comissão pretende realizar pesquisa quanto a eventual expediente sobre o tema.


A coordenadora Camila Dri informou, em seguida, que o sindicato recebeu ofício da Administração no dia de hoje, com a data de implementação das regulamentações pendentes do Plano de Carreira.


O calendário proposto foi o seguinte:


  • Regulamentação Implementação em folha

  • Gratificação de trabalho noturno: Regulamentação Maio/2023; Implementação em folha Junho/2023

  • Gratificação difícil provimento: Regulamentação Junho/2023; Implementação em folha Julho/2023

  • Auxílio-creche: Regulamentação Agosto/2023; Implementação em folha Setembro/2023


Categoria ficou insatisfeita com retorno da Administração


Para a categoria, as respostas da Administração foram insuficientes, já que não atendem a todos os pontos colocados na pauta de reivindicação apresentada.


Além disso, outros pontos foram tratados na reunião com a Comissão de Regulamentação do Plano de Carreira, mas não foram contemplados no ofício recebido nesta quinta-feira (20).


Nesse sentido, os mais de 120 servidores e servidoras presentes deliberaram pelo envio de novo ofício ao defensor público-geral, Antonio Flávio de Oliveira, solicitando resposta sobre os pontos que não foram tratados por ele no Ofício 85/23.


Calendário prevê nova paralisação


A Assembleia Geral aprovou também um novo calendário de mobilização. O novo ofício deve ser entregue à Administração na próxima segunda-feira (24), com prazo para resposta até o dia 28 de abril.


Caso não haja resposta para todos os pontos, haverá nova paralisação no dia 3 de maio.


No dia 5 de maio, em horário a definir, uma nova Assembleia Geral será realizada para definir as próximas ações.


Apoios aos estagiários


Além das pautas da categoria, também foi aprovada a publicação de uma moção de apoio à luta dos estagiários da DPE/RS, que estão mobilizados pela revisão do valor das bolsas.


277 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page