top of page

Servidores da DPE/RS definem paralisação e pressão na Assembleia Legislativa por reposição salarial

Os servidores e servidoras da DPE/RS realizaram nova Assembleia Geral, na tarde desta quarta-feira (10), para discutir a continuação das mobilizações da campanha salarial. Em clima de insatisfação, a categoria definiu um novo calendário de atividades e espera que a Administração Superior da instituição dê respostas às reivindicações apresentadas, sobretudo quanto à revisão salarial, auxílio-saúde e retroatividade do auxílio-creche.


A Coordenação Executiva do SINDPERS apresentou, logo no início, um panorama sobre as últimas movimentação da Administração da DPE/RS em relação às demandas da categoria e comunicou que, no dia 18 de maio, haverá nova reunião da Comissão de Regulamentação do Plano de Carreira, a quem o defensor público-geral, Antonio Flávio de Oliveira, designou a responsabilidade sobre as negociações.


O coordenador-geral, Thomas Vieira, também fez um relato sobre o andamento do reajuste salarial para os servidores do Tribunal de Justiça e do Ministério Público. A tendência é que ambos encaminhem projeto de lei, até o final do mês, com o índice de 12%, dividido em duas parcelas de 6%, em junho de 2023 e janeiro de 2024.


Além de discutir estratégias administrativas de negociação da pauta de reivindicações, a Assembleia Geral também definiu um calendário de mobilização para a próxima semana, quando ocorre a reunião da Comissão do PCCS.


A categoria definiu que irá realizar uma nova paralisação no dia 16 de maio. Neste dia, também será realizado um ato na Assembleia Legislativa para pedir que os parlamentares pressionem a Administração da DPE/RS a enviar o projeto de revisão salarial dos servidores com o mesmo índice aprovado no MP e TJ.


Também foi definido o encaminhamento de ofício sugerindo que a reunião do dia 18 seja transmitida para que a categoria possa acompanhar e também que a pauta prioritária seja a discussão sobre o projeto de reposição salarial.


Na sexta-feira (19), às 14 horas, a categoria deve se reunir novamente em Assembleia Geral para avaliar o resultado da reunião do dia 18 e definir os próximos passos da campanha.


261 visualizações

Comments


bottom of page