top of page

Servidores realizam caminhada por reposição salarial e criticam percentual apresentado pelo governo

Servidores públicos estaduais e federais protestaram, nesta sexta-feira (01), por reposição salarial. Os servidores estaduais criticaram o percentual de 6% de reajuste apresentado pelo governo do RS e o classificaram como “calote”, já que a perda acumulada ultrapassa os 50%. O grupo se concentrou no Instituto de Educação Flores da Cunha, na avenida Osvaldo Aranha, de onde saiu em caminhada até o Palácio Piratini.

A manifestação ainda fez referência ao aumento do custo de vida - como elevação do preço da gasolina e do gás de cozinha. Os servidores do Sistema de Justiça pedem um reajuste mínimo de 10,06%, o que representa a inflação somente do ano de 2021.


O coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Vieira, participou da manifestação e convocou a categoria a participar das próximas atividades: “Foi um importante ato, mais de mil pessoas fizeram a caminhada até o Piratini. É importante aumentarmos a mobilização, que as servidoras e os servidores da Defensoria Pública participem e se somem nessa luta, que também é nossa, para que consigamos aumentar o índice de reposição inflacionária para todos os servidores.”


A União dos Trabalhadores do Sistema de Justiça, da qual o SINDPERS faz parte, já está buscando agenda com parlamentares e programando novas atividades para buscar o aumento do percentual de reposição.



Foto da capa: Matheus Piccini/Correio do Povo

32 visualizações0 comentário