top of page

SINDPERS participa de reunião com presidente do IPE Saúde; Situação é grave



Na manhã da última sexta-feira (22), o SINDPERS participou de reunião com o presidente do IPE Saúde,  Paulo Oppermann, em conjunto com a Frente dos Servidores Públicos do RS. Na audiência, os representantes manifestaram sua preocupação com a situação da instituição e exigiram providências para que o atendimento dos segurados seja normalizado.


Mesmo após reajustar as alíquotas e taxar os dependentes, o IPE Saúde segue correndo riscos. De acordo com dados apresentados, a situação financeira da instituição é realmente grave. Para os dirigentes presentes, este desmantelamento é  resultado da política de destruição do estado implementada por Eduardo Leite (PSDB).


Para Clareana Kunzler, coordenadora de Comunicação do SINDPERS, a reforma do IPE Saúde, proposta pelo Executivo e aprovada pela Assembleia Legislativa em junho de 2023, não está de acordo com o discurso apresentado por Leite à sociedade. O governador afirmou que o aumento das contribuições melhoraria os serviços oferecidos, no entanto, a realidade diária contradiz essa afirmação.


Também participaram da reunião representantes do CPERS/Sindicato, SINDICAIXA, ASPGE/RS, SINAPERS, ASJ, SINDJUS, SINDPPEN, AFOCEFE e APROJUS.


Manifestação rumo ao Piratini


Após a reunião com o presidente do IPE Saúde, centenas de servidores realizaram um Ato Público Estadual e, posteriormente, saíram em caminhada, da sede do IPE Saúde até o Palácio Piratini.


Em frente à sede do Governo do Estado, os manifestantes também cobraram de Leite um reajuste digno para o funcionalismo público. A defasagem dos salários no setor é apontada como uma das causas da crise do IPE, já que a contribuição é realizada sobre os vencimentos dos servidores e algumas categorias acumulam perdas inflacionárias superiores a 50%. 


Diante do quadro apresentado, o SINDPERS reitera seu compromisso em defender os direitos e interesses dos servidores públicos do Rio Grande do Sul. O sindicato permanecerá engajado em pressionar as autoridades competentes por medidas que revertam a atual situação do IPE Saúde e que atendam às reais necessidades dos servidores e de seus dependentes.



Fotos: Joana Berwanger/ CPERS Sindicato


37 visualizações

Comments


bottom of page