Teto de Gastos: FSP convoca ato para quinta-feira (10) contra congelamento proposto por Leite

A Frente dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul (FSP/RS) se reuniu, na tarde desta sexta-feira (04), para articular o enfrentamento das entidades sindicais do estado à Proposta de Emenda Constitucional Estadual (PEC) 289/2020. A medida foi apresentada pelo governador Eduardo Leite (PSDB) na tarde de ontem, e prevê que, pelos próximos 10 anos, o aumento dos investimentos públicos fique limitado à inflação acumulada do ano anterior, além de promover alterações no repasse do duodécimo para os órgãos autônomos.


A FSP/RS, coletivo do qual o SINDPERS faz parte, ainda está analisando a proposta do governo e deliberou pela criação de uma Comissão Técnica para estudar de forma mais aprofundada a PEC. No entanto, a análise preliminar do texto já indica que, se aprovada, a legislação acarretará em graves perdas para os servidores públicos e para a população.


Para iniciar o enfrentamento à PEC do governo estadual, a Frente convocou uma manifestação para a próxima quinta-feira (10), às 10h, em frente ao Palácio Piratini. O coordenador-geral do SINDPERS, Thomas Vieira, alerta para os impactos da pedida e chama a categoria à mobilização: “Temos que nos preparar para o dia 10, a fim de tentar barrar esse que o maior ataque ao serviço público estadual da história. Não há precedente para o que está sendo proposto pelo governador Leite. Ele vem fazendo duros ataques, um pior que o outro, e esse chegou a um ponto que ameaça toda e qualquer perspectiva de futuro para os servidores públicos”.


AFSP ainda irá realizar panfletaços e buscar a convocação de uma audiência pública na Assembleia Legislativa para discutir o tema com a sociedade e o Parlamento gaúcho.


16 visualizações0 comentário