Entidades de servidores estaduais se unem em campanha de solidariedade

Um ano depois do início da pandemia e com o agravamento da crise sanitária, a situação de vulnerabilidade socioeconômica da população gaúcha está mobilizando entidades de servidores do Rio Grande do Sul. A decisão de realizar a campanha foi motivada pela grave situação que a população enfrenta neste momento e pela falta de uma coordenação nacional para enfrentar o vírus e o empobrecimento da população. A renovação do auxílio emergencial terá o valor médio de R$ 250,00 e será por apenas quatro meses.


Em abril do ano passado, o Sindicato dos Servidores do Judiciário do RS (Sindjus/RS) realizou a campanha “O vírus nos separa, mas a solidariedade nos une”, para doações de alimentos. Neste ano, a campanha foi ampliada, com a criação do Coletivo de Solidariedade, do qual o SINDPERS faz parte juntamente com o Sindjus/RS, Sindicato dos Servidores do Ministério Público do RS (SIMPE-RS), Associação dos Servidores Efetivos do Poder Legislativo do RS (Asserlegis), Associação dos Servidores do Ministério Público do RS (Aprojus), Associação dos Oficiais de Justiça do RS (Abojeris) e Associação dos Servidores da Justiça no RS (ASJ).


O objetivo das entidades é mobilizar os servidores estaduais para arrecadar doações que serão direcionados para a aquisição de máscaras, álcool em gel, alimentos e produtos de higiene. As doações serão mensais e destinadas a comunidades periféricas em situação de vulnerabilidade. A primeira doação será no dia 15 de abril, na Ocupação Império e Progresso, localizada na Zona Norte da Capital.


Como participar?


1. Acesse o site: http://bit.ly/vakinha-solidariedade-nos-une


2. Doação de qualquer valor em dinheiro (que serão direcionados para a compra de máscaras de proteção facial, álcool em gel, produtos alimentícios e material de higiene pessoal).


3. Campanha permanente: Período de arrecadação da primeira doação de 29/03 a 14/04.


45 visualizações0 comentário